Buscar
  • RicarBernardo

Entrevista - OCEANS

A banda OCEANS foi formada em 2018 e lançou no começo do ano o ótimo álbum "The Sun and The Cold”.

Conversamos com o baixista Thomas Winkelmann que falou sobre este álbum, sobre os show pós pandemia e escolheu duas musicas para quem não conhece a banda.




1) Como você compararia o novo álbum " The Sun and the Cold" com o EP "Into the Void"?


Então, basicamente, as músicas que estavam no primeiro EP Into the Void, foram intencionalmente consideradas para o primeiro álbum The Sun and the cold.. Esse foi o primeiro pensamento que tivemos, mas quando assinamos com a Gravadora Nuclear Blast nós pensamos bem em lançar o álbum que já estávamos preparando.

Então pensamos que seria uma boa ideia ter uma “primeira impressão” antes da data de lançamento do primeiro álbum. Então pegamos algumas músicas e o cover para the Last Day on Earth do Marlyn Manson e lançamos.

Então posso dizer que todas as músicas de Into the Void poderiam estar no álbum também mas acabou sendo um EP. O que nos deu um incentivo criativo para as músicas do álbum pois as músicas lançados no EP eram ótimas.



2) Como foram compostas as músicas do " The Sun and the Cold" ? Foram feito primeiro as letras ou as melodias ?


Normalmente, para nós, a música vem primeiro. Todo mundo está gravando para si mesmo em casa, musicas ou parte de músicas. Vivemos bastante espalhados , na verdade, em dois países diferentes, que são a Áustria e a Alemanha. Então, todos estão trabalhando em casa. Até nos vermos nos ensaios e assim juntar tudo.

Geralmente, compomos as músicas primeiro e em seguida, compartilhamos entre todos gravando as composições e fazendo o upload delas. Para que todos possam ouvir, adicionar, mudar algo ou até mesmo concordar com o que foi composto... as vezes acontece isso... rs...

As letras vem depois, se alguém está escrevendo algo e a música se encaixa apenas mantemos. Mas geralmente a música se encaixa.






3) A Banda tem alguma agenda de show pós-pandemia ? Com qual banda gostariam de excursionar ?


Toda esta situação está mantendo o mundo inteiro ocupado. Nós temos planos para para tocar em shows e outras coisas, é claro, mas agora ninguém sabe quando realmente vamos começar a fazer turnês de novo. Então, por enquanto, os planos estão um pouco mais para frente, da mesma forma para todos.

Deveríamos ter tocado em alguns festivais neste verão na Europa e na Alemanha. Isso não vai acontecer. Obviamente. Eles também foram todos cancelados ou adiados para o próximo ano. Os festivais do ano que vem são praticamente os que deveríamos ter tocado este ano.

Ainda existe show para setembro, do qual não sabemos se isso vai acontecer ou não. Estamos torcendo pois é claro que queremos tocar mas depende mais de como estará indo a pandemia e outras coisas.

Estivemos em turnê com bandas muito divertidas. Muitas bandas finlandesas são muito legais e interessantes para excursionar. Posso mencionar Korpiklaani e Filtroll.

Não é o mesmo tipo de música, mas são pessoas adoráveis e adoramos conversar excursionar com elas.

Tem outra banda também que é americana mas alguns dos integrantes são da America do Sul. A banda IRIST, que foram contratados pela Nuclear Blast recentementeve e lançaram seu álbum de estréia, do qual gostamos muito e talvez poderemos excursionar com eles. Acho que um deles é do Brasil. (NOTA: O vocalista Rodrigo é do Brasil e já conversamos com ele aqui ).


4) Escolha duas musicas para apresentar a quem não conhece a banda e explique porque essas musicas ?


Eu acho que essa não é uma escolha dificil, eu começaria com Dark que é a segunda música do nosso álbum atual... não.. é a terceira eu acho... Bom... chama Dark...

E a outra seria Hope que é a última música do álbum. O motivo é muito simples, elas representam todo o espectro dos gêneros e estilos que cobrimos. Nós nos interessamos por e diferentes estilos de música e nossa música reflete isso também. E eu acho que para ver todo o alcance que tentamos cobrir, o que vem naturalmente eu acho, com nossos interesses, sáo representados nessas duas músicas.). Porque Dark é bastante severa e direta como Death Metal.

Nos temos um vocalista convidado que é K da banda Arroganz uma grande banda underground da Alemanha de Death Metal com influencias de doom. São muito amigos nossos. Uma grande banda que todos deve checar. O Último álbum deles chama Primitiv. Ótimo material.

Então essa é uma música direta e pesada. E a Hope, que é super pós, vai crescendo lentamente e ficando mais e mais intensa, sim... é bem pós rock. É essa é a outra grande musica que temos e elas mostram a variedade das musicas que nós tentamos criar.


5) Agradecemos a banda OCEANS por responder nossa perguntas e deixe uma mensagem aos fãs brasileiro.


Obrigado .Desculpe por fazer você esperar novamente . Estamos tentando gerenciar a vida cotidiana. E, claro, planejar muitas coisas para a banda agora. Como os últimos dois meses foi intenso, vamos ver o que irá acontecer. O que pode ser feito ou não.

Aos fãs brasileiros., vocês estão passando por um momento difícil então fique seguro. Mantenha-se saudável. Tudo de bom para vocês e suas famílias.

Espero que todos nós o vejamos um dia num futuro próximo.

Seria bom ver vocês em breve e bem. Obrigado por suas perguntas.






5 visualizações
Envie um  E-MAIL
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
Cadastre-se na nossa lista de correspondência.

© 2020 por R. Daneel (Todos os direitos reservados)